Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Labegen Logotipo Embrapa

Principal » Projetos » Descrição do Projeto

Estratégias genéticas para melhoria da eficiência de produção e da qualidade da carne bovina no Brasil - Plano de Ação: Cruzamentos para otimizar o desempenho materno e reprodutivo de vacas de corte e a produção de carne de qualidade na região Sul.


Descrição: Com a crescente inserção do Brasil no mercado internacional da carne bovina, cada vez mais os atributos de qualidade do produto (sabor, suculência, coloração, maciez, etc.) se tornam fundamentais para a competitividade por mercados mais exigentes e de melhor remuneração. Dentre parâmetros sensoriais da carne, a maciez é, provavelmente, o mais importante, porém esta tem sido identificada como um fator limitante da qualidade da carne proveniente de animais com elevada percentagem de sangue zebuíno e, por outro lado, raças britânicas puras, que produzem carne macia (Angus, Hereford, etc.), têm um desempenho inferior aos animais cruzados em ambientes menos favoráveis. O objetivo deste projeto é avaliar o desempenho reprodutivo, materno, produtivo, a resistência a parasitas, temperamento e a qualidade da carne diferentes genótipos puros e cruzados, visando identificar genótipos mais adequados para produção eficiente de carne de qualidade superior em distintos ambientes do Pampa Gaúcho. O projeto está sendo executado na Embrapa Pecuária Sul, Bagé, RS, acasalando-se vacas das raças Angus (AN), Hereford (HH) e Nelore (NE) com reprodutores das raças AN, HH, NE e Caracu (CA), prevendo-se a produção de 80 animais de cada genótipo de 2006 a 2008 Dessa maneira, serão produzidos animais britânicos puros sem heterose (ANAN e HEHE), cruzados de britânicos com heterose (ANHE e HEAN), cruzados com adaptado zebuíno com heterose (ANNE e NEAN), zebuínos puros sem heterose (NENE) e cruzados com adaptado taurino com heterose (ANCA), em um delineamento dialélico incompleto. Para se testar a interação entre os oito genótipos produzidos e dois ambientes distintos dos Campos Sul-brasileiros, os Campos da Campanha Meridional, tendo solos e pastagem de melhor qualidade, e os Campos da Serra do Sudeste, de menor potencial produtivo e maior infestação de parasitas, os machos serão terminados em duas propriedades particulares, uma em cada região, sendo abatidos quando atingirem cobertura de gordur. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Alunos envolvidos: Gradução: (2) / Especialização: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Fernando Flores Cardoso - Coordenador.

Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.